DIZ-LHES QUE NÃO FALAREI NEM QUE ME MATEM

15  A 17 MAR | 22H00
CAAA . CENTRO PARA OS ASSUNTOS DA ARTE E ARQUITECTURA

 

Antes de ser o Portugal dos cravos, era o Portugal do silêncio, do medo, da escuridão, da luz estreita que rompia por entre as grades daqueles que “nada tinham a perder senão as suas cadeias, mas que tinham um mundo a ganhar”.

Diz-lhes que não falarei nem que me matem é um testemunho autêntico do que é viver privado da liberdade, pela luta de um ideal. Como se foge à loucura? Como se sente saudades? Como se ama? Como se acredita? Como se sonha com o dia que acabou mesmo por chegar.

Source: Guimarães 2012
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s