Category Archives: música

JOAKIM DJ | OPTIMUS CLUBBING

5 ABRIL | OPTIMUS CLUBBING | CASA DA MÚSICA

 

Não é fácil definir o estilo de Joakim, que é hoje uma das figuras de topo da música electrónica francesa. O seu percurso ligado à música clássica, ao indie rock e à música electrónica de meados dos anos 90 contribui aparentemente para uma personalidade artística original. Atraiu as atenções em 2007 com o álbum Monsters and Silly Songs (2007), juntando pós-punk, disco e electrónica, e assinou remisturas de artistas como Goldfrapp, Friendly Fires, DJ Mehdi, Cut Copy, Tiga, Fisherspooner, Late of Pier, Max Berlin e Zombie Zombie.
No ano passado surgiu Nothing Gold, título retirado de um poema de Robert Frost citado em The Outsiders de S.E. Hinton.

Aí, segundo Joakim, “cada canção é sobre alguém que eu não quero ser, ou tornar-me, ou sobre comportamentos extremos e hábitos desviantes”; “uma exploração das faces obscuras do ser humano, uma forma de exorcizar demónios tornando-me um deles dentro de uma canção”.

Source : Casa da Música

Anúncios

20 | VINTE | XX

24 MAR | 22H00 | GUIMARÃES 2012
INSTITUTO DE DESIGN DE GUIMARÃES (ANTIGA FÁBRICA DE CURTUMES DA RAMADA)

 

20 VINTE XX é a primeira iniciativa das G Sessions.

G Sessions é o nome de código para o que gostaríamos de chamar sessões de Guimarães: música eletrónica, música de dança, produtores e deejays da região convidam músicos de todo o lado para se mostrarem nos clubes da cidade.

A ideia de juntar no mesmo espaço, e no mesmo dia, os agentes de difusão cultural de todo o país surgiu instintivamente da observação do circuito independente e da efervescência que o mesmo vive de há uns anos para cá. Assim, a Lovers & Lollypops e a Revolve, em colaboração com o atelier Bolos Quentes e o dj e entusiasta Pedro Santos, apresenta um evento singular, uma noite que conta com a presença de vinte bandas, de vinte djs e vinte designers.

Um momento de cruzamento de várias sonoridades, opiniões e linguagens. Uma noite de diferentes vozes e reflexão. Uma noite de criação espontânea.

Objetivamente, as bandas apresentar-se-ão em 15/20 minutos, os djs escolherão três músicas e os designers traduzirão no papel a infinidade de afirmações daí resultante. Daqui resultará, certamente, um convite em forma de desafio, para que o público se envolva crítica e ativamente numa construção coletiva de significados.

BANDAS
Memória de Peixe
The Sticks & Stones & The Broken Bones
ALTO!
Mi(o)lo
Amazonas
Black Bombaim
SALTO
Evols
Swinging Rabbits
Fat Freddy
The Glockenwise
Cangarra
CRISIS
Mr Miyagi
Bulota
Panties and Dingos
Equations
The Shine
New Kind of Mambo
Da Chick (match attack)

DJ’S
Carlos Milhazes
Centeno
Cova
DJ Lynce
DJ Sr. Guimarães
Ghuna X
Hang_The_DJ
Hugo Alfredo
Ina
JAM
Uma Naper
Luis Machado
Mister Teaser
Rita Garizo
Rodrigo Affreixo
Sónia Carvalho
Spark
Supa
Tiago
Vicente

CARTAZISTAS
Adhocracia
Alva
And Atelier
Bráulio Amado
B&R
Carla Filipe
Diogo Tudela
Hey Cecilia!
Inês Nepomuceno
José Peneda
Luis Dourado
Martino&Jaña
OOF
Pedro Lobo
Rudolfo
Sérgio Alves
Silvadesigners
Studio Andrew Howard
This is Pacifica
V-A

LOCALIZAÇÃO
http://www.vintevintevinte.com/?page_id=1634
Google Maps: http://g.co/maps/72yvf

Mais info:
http://vintevintevinte.com/
geral@vintevintevinte.com

Source: Guimarães 2012 e vinte XX 20

Mónica Ferraz apresenta “Start Stop”

28 MAR |22H00 | CASA DA MÚSICA

 

É verdadeiramente fantástico quando nos põem nas mãos um disco com músicas de contágio automático, dos tais que nos conquistam à primeira. E porque, afinal, está lá tudo no sítio! Estrutura conseguida para a mente, o corpo e a alma. E é bem verdade que se torna ainda mais excitante quando se trata de um trabalho de alguém cujo crescimento fomos acompanhado de perto.
É também uma sensação de orgulho seja pela proximidade, amizade, bairrismo ou patriotismo. Sim, aquilo que venho dizendo há uns bons anos está, mais uma vez, muito bem fundamentado neste primeiro trabalho de Mónica. É outra certeza de que temos por cá valores seguros na pop, no rock e por aí fora…
Acreditem que não é por magia, nem por acaso que o disco que vai chegar também às vossas mãos causará efeitos e sensações semelhantes aos meus. É, claro está, resultado da entrega, da partilha constante e da necessidade de uma evolução bem sustentada com perfeita noção do tempo e do espaço. Estamos aqui perante um natural elevar da fasquia, mas com os pés bem assentes num processo de crescimento tranquilo e previsível. Vai Mónica vai!

Source: Casa da Música

OPTIMUS CLUBBING | ALOE BLACC

24 ABR | 23H00
CASA DA MÚSICA

 

O segundo álbum a solo do norte-americano Aloe Blacc conquistou definitivamente o público com grandes canções como “I Need a Dollar” ou “Loving You Is Killing Me”. Um manifesto dos tempos modernos com apurada consciência social, Good Things é também uma celebração das sonoridades Soul e R&B. Vozes como Marvin Gaye e Curtis Mayfield vêm à memória, embora Blacc assimile a tradição deixando a sua marca de originalidade.
Nesta noite podemos ouvir a música de Aloe Blacc num contexto completamente diferente, sem bateria, loops ou electricidade. Apenas a voz e um quinteto de cordas, liderado pelo violinista e compositor Miki. Depois do enorme sucesso do seu projecto “Hip-hop sinfónico” apresentado na Casa da Música em 2009, Miki introduz agora as influências clássicas nas melodias carregadas de soul de Blacc.

Suggia
Aloe Blacc
Funkalicious

Restaurante
DJ Marcos Tavares
Jazzanova DJ set

Bares 1 e 2
DJ António Coutinho

Source: Casa da Música

ROCK METAMORFOSE

17 MAR | 22H00
CENTRO CULTURAL VILA FLOR | GUIMARÃES

Uma noite onde a percussão será a tónica dominante, marcando um ritmo forte e enérgico.
Para este espetáculo, o Drumming GP lançou o repto a seis compositores portugueses para que, partindo de temas rock que para si constituíssem referência, compusessem temas para ensemble de percussão. A ousadia do projeto materializou-se assim em seis novas criações, num trabalho sobre temas “clássicos” de Beatles, U2, Frank Zappa, Benny Goodman ou Steppen Wolf. Partindo destes temas, o Drumming GP apresenta, assim, um concerto festivo onde as canções são transfiguradas pelas percussões enérgicas deste grupo que já conquistou público em todo o país e na Europa.
A night where percussion is the keynote, with a strong and energetic rhythm.

Drumming GP challenged six Portuguese composers to compose themes for percussion ensemble from rock themes of their liking. This audacious project has materialized in six new creations from “classics” by The Beatles, U2, Frank Zappa, Benny Goodman or Steppen Wolf. GP Drumming brings a festive concert where songs gain a different energy that has already spread throughout Portugal and also Europe.

Programa:
Swing, Sing, Swing, 2002 – João Pedro Oliveira
Say Beautiful, 2002 – Fernando C. Lapa
Drumming the Hard Way, 2002 – Carlos Azevedo
Este Pássaro não é Preto, 2002 – Mário Laginha
Deep Water Music, 2002 – António Chagas Rosa
Step by Step: Wolfs, 2002 – António Pinho Vargas

Músicos:
André Dias, João Tiago Dias, Luis Oliveira, Miquel Bernat, Pedro Góis, Pedro Oliveira, Rui Rodrigue

Som: Suse Ribeiro
Luz: Emanuel Pereira

O DRUMMING GP é uma entidade apoiada pela Direcção Geral das Artes e Conselho de Ministros/ Secretaria de Estado da Cultura

Espectáculo apresentado no âmbito de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura

Source: Centro Cultural Vila Flor e Guimarães 2012

Dona Sara apresenta Red Bull Music Academy Porto Hub 2012

 

 

DA DA DA DUM! A explosão de sub-graves nos ouvidos a servir de banda sonora à paisagem única que se pode observar do topo da Torre dos Clérigos é apenas uma das experiências intensas que o Red Bull Music Academy Porto Hub 2012 preparou para a semana de 5 a 11 de Março. Há muito mais: vai ser possível embarcar no Teleférico de Gaia e temperar a paisagem com uma nova visão do fado, descobrir um sofá plantado bem no centro do Hard Club ou passar pelo Mercado do Bolhão e entre pregões e peixe fresco descobrir um estúdio de rádio. Estas são apenas algumas das propostas de uma semana recheada de experiências e desafios traduzidos na ambiciosa programação do Red Bull Music Academy Porto Hub 2012.

Todas estas intervenções sobre a cidade foram pensadas para insuflarem no Porto uma amostra do espírito singular da Red Bull Music Academy, o laboratório itinerante de música que este ano elegeu Nova Iorque, precisamente uma das capitais mundiais da música, como quartel-general.

O Porto pode igualmente reclamar um justo protagonismo no panorama musical nacional, sendo palco atualmente de uma das mais efervescentes cenas de clubes, além de servir de laboratório de experimentação para uma série de novos e entusiasmantes projetos.

Por isso mesmo, para o Red Bull Music Academy Porto Hub 2012 serão, uma vez mais, convidados vários talentos emergentes nacionais – produtores, musicos, djs e vocalistas de diversos backgrounds estéticos – que terão acesso a uma semana de atividades pensadas como estímulos à criatividade.

Entre 5 e 11 de Março, tudo poderá acontecer no Porto.

UM TELEFÉRICO CHEIO DE FADO

Uma das propostas passará pela animação do Teleférico de Gaia, um equipamento onde o futuro tecnológico e a tradição da paisagem se harmonizam de forma perfeita. Com a curadoria de Marco Miranda, músico que cruza a guitarra portuguesa com a electrónica sob a identidade M-Pex, uma série de novos nomes do fado carregarão esta música que faz igualmente parte da tradição da nossa paisagem sonora – recentemente reconhecida como património imaterial da humanidade pela Unesco – em direção à modernidade através de cruzamentos com a eletrónica, por exemplo, proporcionando uma banda sonora muito especial para o Teleférico de Gaia e para as suas desafogadas vistas. Vamos poder ouvir: Debora Rodrigues, Natalia Juskicwicz, Makrox, Citania, Double MP, M-Pex e Ana Laíns.

DISCOS E RISCOS NA FAVORITA

Este ano, a base do Red Bull Music Academy Porto Hub 2012 será a Pensão Favorita que ao longo de uma semana irá acolher uma série de conversas com artistas locais durante a tarde- Ghuna X e Ricardo Miranda, N.A.C.O., IVVVO, The Bigger Banger Theory e Voxels são os nomes convocados. Além das conversas, estes artistas oferecerão ainda concertos à hora de almoço e DJ sets à hora do lanche, num menu recheado de propostas musicais de mente aberta e espírito progressivo. Seguindo de perto o espírito da Academia, estas intervenções são pensadas para potenciarem o espírito de partilha e descoberta, projectando o trabalho destes jovens artistas.
Mas não será apenas de discos e música que se irá preencher o espaço da Favorita; os «riscos» de um conjunto de ilustradores selecionados pela galeria Dama Aflita serão igualmente parte desta intensa semana: os artistas Diogo Rapazote, João Drumond, Min, Tae Stylin e Zé Cardoso permanecerão em residência na Favorita, criando uma série de trabalhos que serão depois finalmente apresentados ao público a 10 de Março na inauguração da exposição de titulo: “Blyton”

INVICTA JAMS

Uma das marcas do espírito da Academia passa por potenciar a interacção entre artistas consagrados e jovens participantes, aliando assim a experiência às novas ideias de uma forma extremamente criativa. Essa ideia será igualmente posta em prática no Porto Hub, com o artista norte-americano James Pants, membro da influente editora Stones Throw. Será dele a missão de coordenar uma série de jam sessions com artistas portugueses. O trabalho efectuado no estúdio da Favorita durante toda uma tarde será depois apresentado em diferentes locais da cidade à noite: o dia 7 tem no programa uma sessão de improviso com a spoken word de Biru, aos Black Bombaim cabe a jam de dia 8 que promete avançar por territórios de rock psicadélico e no dia 9 Pants irá envolver-se com o projecto HHY de Jonathan Saldanha para um ritual de voodoo musical.

UM SOFÁ NO HARD CLUB

Os Plaid são a outra presença internacional na programação do Red Bull Music Academy Porto Hub 2012. Dupla britânica central na cena IDM, os Plaid atualmente gravam para a mais destacada etiqueta do mundo da eletrónica, a Warp. Os Plaid irão protagonizar uma lecture, que terá lugar no dia 10 às 16H no Hard Club e que será aberta ao público. Oportunidade para experimentar um pouco da atmosfera do sempre mítico Lecture Room, local central em todas as edições da Red Bull Music Academy, e ouvir em primeira mão as histórias e a música de quem também ajudou a transformar o mundo.

SONZÃO NO BOLHÃO

Outra presença clara do espírito – e do som! – da Academia poderá sentir-se, literalmente, no ar, através das emissões do estúdio de rádio montado no mercado do Bolhão: local mítico de pregões por onde passa muita da identidade popular do Porto, o Bolhão fornece o enquadramento perfeito para o estúdio que durante uma semana promete espalhar música por toda a cidade, sintonizável na frequência FM em 102.1, em assaltos pontuais à emissão da Antena 3 e ainda em streaming web através da Antena 3 Dance ou da rbmaradio.com.

O SOFÁ NO BERÇO

Com a cidade berço mesmo ali ao lado da Invicta, o Red Bull Music Academy Porto Hub 2012 não podia ignorar uma ocasião tão importante como o Guimarães Capital Europeia da Cultura e por isso mesmo propõe duas extensões sob a forma de lectures com James Pants no dia 6 e DJ Ride no dia 8. Um sofá cheio de histórias instalado bem no coração de uma cidade cheia de história. Estas lectures são dirigidas a um grupo restrito de artistas locais que assim poderão igualmente experimentar a atmosfera criativa e informal da Academia e ainda beber das experiências de duas figuras singulares dos panoramas musicais nacional e internacional.

DUBSTEP NA TORRE

O Red Bull Music Academy Porto Hub 2012 propõe igualmente uma outra forma de disfrutar das fantásticas vistas panorâmicas da cidade. Todos os que visitarem o topo da Torre dos Clérigos, sem dúvida um dos mais reconhecidos ícones da cidade, poderão disfrutar da magnífica vista proporcionada pelos seus 75 metros de altura aliada a uma banda sonora muito especial concebida por alguns dos ativistas de dubstep da cidade e acessível em auscultadores disponíveis no local. Uma outra forma de olhar para a cidade e sentir o seu pulsar. Arquitetura do século XVIII e ciência eletrónica do século XXI em cruzamento durante a semana de 5 a 11 de Março.

CEREJA NO TOPO DO PITCH

Esta semana de produções musicais, de fado, de rock, de hip hop e de electrónica, de mercados e teleféricos, pensões e clubes, de som e imagem, de arte, culminará com uma festa que tomará conta de todos os recantos do Pitch, um dos mais importantes clubes da cidade, na noite de dia 10. O espaço do Bar irá contar com curadoria da Oblá FM, o programa da Red Bull Music Academy Radio conduzido por Maze, membro dos Dealema e agente especial do Norte por excelência. Ao lado de Maze estarão Capicua, Sair, Swinging Rabbits e Branches.
Jorge Caiado, participante português na edição 2011 da Red Bull Music Academy que decorreu em Madrid, junta-se a James Pants e aos Plaid no Piso 1 para uma viagem através do universo da electrónica. E finalmente, toda a eletricidade, riffs, energia rock e bass ficará entregue ao coletivo Lovers & Lollypops que se instalará no Piso 2 com Amazonas, Ghuna Gangh, Throes e The Shine e a Lovers & Lollypops Sound System. Uma cereja o topo do Pitch que assinala o encerramento de uma semana recheada de experiências singulares: paisagens coloridas por fado e dubstep, uma pensão carregada de arte, jam sessions irrepetíveis, lectures públicas, uma rádio com sotaque do Bolhão e um par de saltos a Guimarães.

Este é o retrato do Red Bull Music Academy Porto Hub 2012. Mas como todos os retratos, vê-se melhor ao perto.

Bem perto da edição 2012 da Red Bull Music Academy poderão ainda ficar todos os que decidirem passar pelo site oficial www.redbullmusicacademy.com – para descarregarem o formulário de candidatura que lhes poderá valer um carimbo no passaporte para Nova Iorque. Músicos, djs, produtores e vocalistas de todas as sensibilidades podem candidatar-se a um lugar nesta super-aventura. O prazo de entrega de candidaturas termina a 2 de Abril.

UM TELEFÉRICO CHEIO DE FADO
Teleférico de Gaia» 2da a 5ta das 10H às 18H, 6ta a Domingo das 10H às 20H
2da – Debora Rodrigues, 3ça – Natalia Juskicwicz, 4ta – Markrox, 5ta – Citania, 6ta – Double MP, Sab – MPEX , Dom – Ana Lains.

DISCOS E RISCOS NA FAVORITA
Pensão Favorita» 13H às 21H – Rua Miguel Bombarda, 267
2da – Ghuna X e Ricardo Miranda, 3ça- N.A.C.O., 4ta – IVVVO, 5ta – The Bigger Banger Theory, 6ta – Voxels.

INVICTA JAMS
Dia 7 às 23H, Biru e James Pants na MISS OPO» Rua Caldeireiros, N.º 100
Dia 8 às 24H, Black Bombaim e James Pants no PLANO B» Rua Cândido dos Reis nº 30
Dia 9 às 24H, HHY e James Pants em local a anunciar

UM SOFÁ NO HARD CLUB
Dia 10 às 16H: Mercado Ferreira Borges, praça do Infante 95

SONZÃO NO BOLHÃO
Mercado do Bolhão, loja 34 – frequência local FM em 102.1

O SOFÁ NO BERÇO (Guimarães)
Lectures com James Pants no dia 6 e DJ Ride no dia 8 (Acesso exclusivo)

DUBSTEP NA TORRE
Torre dos Clérigos – Rua S. Filipe de Nery: 5 a 11 de Março das 14H às 19H
Artistas: Wag, Jamie Boy, Bófia, Oder, Phatic e outras supresas por revelar.

CEREJA NO TOPO DO PITCH
Dia 10 das 24H em diante: PITCH CLUB» Rua Passos Manuel, 34-38

Source: Red Bull

M83 em Março em Portugal (Lisboa e Porto)

11 de março
Hard Club

O projecto de Anthony Gonzalez, M83, vai estar em Portugal para dois concertos no próximo mês de Março. O primeiro concerto para a apresentação do novo disco “Hurry Up, We’re Dreaming” está marcado para o dia 11 de Março, no Hard Club, no Porto. No dia seguinte, 12 de Março, é a vez do Lux, em Lisboa, receber os M83.

Porcelain Raft é o projecto escolhido fazer a primeira parte dos concertos de M83 na tour europeia, onde passará pelo Hard Club e Lux, nos dias 11 e 12 de Março de 2012. A banda de Mauro Remiddi vai editar o seu primeiro LP intititulado “Strange Weekend” em Janeiro do próximo ano.

Os bilhetes custam €25.

Source: FestivaisPt

SINFONISMO RUSSO

sexta | 24 fevereiro
21h00 | Casa da Música

O jovem Chostakovitch mostrou uma infindável capacidade para expressar emoções através da música desde a primeira hora. Tinha 19 anos de idade e ainda era aluno do Conservatório quando escreveu a sua 1ª Sinfonia. O maestro que dirigiu a estreia disse estar a virar uma nova página na História da Música. Tchaikovski, por seu turno, era já um consagrado compositor quando escreveu o seu segundo concerto para piano. Fê-lo tendo em mente o maior pianista russo da sua época, Nikolai Rubinstein, construindo uma obra grandiosa e de extrema dificuldade técnica que um dos mais aclamados virtuosos da actualidade, Artur Pizarro, interpreta agora com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música.

Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música
Stefan Blunier
 direcção musical
Artur Pizarro piano

Programa:
Alexander Glazunov: Abertura solene, Op 73
P. I. Tchaikovski: Concerto para piano e orquestra nº 2
Dmitri Chostakovitch: Sinfonia nº 1

20:15 CIBERMÚSICA
Palestra pré-concerto por Helena Marinho

Source: Casa da Música

Norberto Lobo / João Lobo

Sábado 18 Fevereiro | 23h59
Café Concerto | Centro Cultural Vila Flor

 

Um concerto que promove o encontro com dois músicos de eleição, que aceitaram o repto do CCVF para apresentar no palco do Café Concerto obra (ainda) não publicada.
Eis Norberto Lobo, autor de música que dispensa palavras, guitarrista de uma expressividade tocante. Para além da sua atividade enquanto solista, Norberto Lobo tem desenvolvido uma série de parcerias, tendo nos últimos dois anos composto temas que, por motivos de coesão estética, se viram excluídos dos discos “Pata Lenta” e, recentemente, “Fala Mansa”. Em alguns deles, cria, através da loop station, camadas de vozes que ambiciona ver interpretadas por outros instrumentistas. Este projeto especial, preparado propositadamente para ser revelado no palco do CC, consiste na apresentação de todo este seu reportório por gravar em disco, numa atuação em duo, composto pelo próprio e por João Lobo (baterista, residente em Bruxelas), com quem Norberto tem colaborado ao longo dos últimos 15 anos. Tudo parece sugerir que esta proposta se consume num momento singular e imperdível.
Source: CCVF

12 POINTS | Festival Internacional de Jazz |

16 a 19 de Fevereiro
20h00
Casa da Música

Desde a sua primeira edição, em 2007, o festival 12 Points tem crescido rapidamente e é já um dos destinos de eleição dos jovens músicos europeus na área do jazz. Realiza-se alternadamente em Dublin, a sua sede, e noutras cidades europeias. Em 2012, é no Porto que os 12 projectos emergentes seleccionados entre centenas de candidaturas encontram a oportunidade de se apresentarem perante o público e uma elite de programadores de jazz internacionais. A diversidade impera, desde os grupos com raízes firmes na tradição do jazz a outros vocacionados para as sonoridades mais experimentais.

No âmbito do Europe Jazz Network, financiado pela UE

www.12points.ie

16 FEVEREIRO
BIG BLUE
THOUGHT-FOX
DE BEREN GIEREN

17 FEVEREIRO
HUGO CARVALHAIS “NEBULOSA”
LIVIO MINAFRA
WORLD SERVICE PROJECT

18 FEVEREIRO
MACIEJ OBARA QUARTET
DIVANHANA
ACTUUM

19 FEVEREIRO
SCHNEEWEISS UND ROSENROT
MACHINE BIRDS
GIRLS IN AIRPORTS

Source: Casa da Música