Tag Archives: Braga

Clã apresentam Disco Voador hoje no Theatro Circo

CLÃ – DISCO VOADOR
Sábado 28 de Janeiro :: 21,30h

De 6 a 12 €

“Disco Voador” não é um OVNI no cosmos dos CLÃ. Embora a banda tenha, a bordo das músicas que o compõem, atravessado várias vezes o seu próprio universo sonoro à velocidade da luz, este não é um projecto estranho àquilo que os CLÃ vêem como futuro do seu passado e como passado do seu futuro. A partir de um desafio – construir um espectáculo para espectadores super-novos – os CLÃ entenderam que só fazia sentido serem ainda mais decididamente fiéis à sua rota. Seguros de que nenhum humano mata totalmente a criança e o adolescente que mora dentro de si, os CLÃ sabem que este “Disco Voador” se destina descaradamente a todos os públicos.
Regina Guimarães

Voz: Manuela Azevedo | Piccolo: Hélder Gonçalves | Teclados: Miguel Ferreira e Pedro Biscaia | Baixo Elétrico: Pedro Rito | Bateria: Fernando Gonçalves
Espectáculo desenvolvido no âmbito do projecto MUSA – Ciclo no Feminino, co-financiado pelo QREN.
M6

Source : Theatro Circo
Anúncios

Catarina Gomes e Diogo Agapito

Aqui fica um exemplo de  jovens com talento que merecem destaque pela sua atuação no passado sábado.

São eles Catarina Gomes e Diogo Agapito, que representaram o Agrupamento de Escolas de Nogueira na Cerimónia de Abertura da Capital Europeia da Juventude.

Este evento proporcionou grandes momentos através das várias Escolas e Associações que tomaram de assalto o palco e as ruas de Braga, mostrando a energia e a vontade de querer mais e melhor para aquela que é uma das cidades mais jovens da Europa.

Abertura Oficial :: Braga Capital Europeia da Juventude 2012

Apesar do frio e da chuva que no final do dia se fez sentir, Braga recebeu e acolheu devidamente todos aqueles que quiseram assistir à Abertura Oficial da Capital Europeia da Juventude 2012!

As actividades ocuparam todo o dia dos Bracarenses: Musica, Dança, Animação variada, grupos de escolas, Teatro de Rua, e até um espaço onde a nossa voz podia ser ouvida. À noite e apesar da chuva, foram muitos os que assistiram a um grande espectáculo no Largo do Pópulum.

Foi um dia de alegria para Braga, para quem nela vive e dela se orgulha e para quem a visita! Foi, apesar de tudo, um reflexo do nosso bom receber! Foi uma demonstração que, É Mesmo Bom Viver em Braga (para quem não sabe, este é o “nosso slogan”)

Aqui ficam as fotos, todas da autoria do Facebook Oficial do Evento.

Source: tudo-sobre-tudo

Cerimónia de abertura Braga 2012: Capital Europeia da Juventude

Braga
14 de Janeiro : 11h00 – 21h00
Vários pontos da cidade

Sábado (14 de Janeiro) é o dia que marca o arranque oficial de Braga 2012: Capital Europeia da Juventude! Num evento que dura todo o dia, vamos celebrar o início de um ano recheado de atividades. Durante todo o dia, teremos as associações juvenis e as escolas, bem como profissionais a animar a cidade.

Programa:

Soft Opening, nas ruas do centro histórico de Braga:
Todo o dia: Associações Juvenis e Escolas
11h00 e 15h15: Teatro de rua e novo circo com os Los Estramboticos
14h30: Espetáculo de dança com os Bad Taste Cru
16h00: Performance a cargo do coletivo Da Motus
17h00: Música com Combe Capelle

Segue-se o ponto alto da cerimónia, no Largo do Pópulo:

18h00 às 19h00: Mobile acts/Parade pela companhia Close Act com as performances White Wings e Aliens
19h00: Espetáculo Inaugural com os Drumatical Theatre – Follow Youth
20h00: DJs convidados
21h00: Encerramento

Source: Braga 2012: Capital  Europeia da Juventude

Apresentação Programa Braga 2012 . Capital Europeia da Juventude

Amanhã, dia 7 de Janeiro, pelas 17h30, realizar-se-á apresentação do Programa de Braga 2012: Capital Europeia da Juventude, no GeNeRation.

Ano novo, vida nova para a cidade de Braga, que terá este ano a grande prova de fogo em mostrar que a juventude bracarense quer e pode mudar.

Source: Capital Europeia da juventude

Investigadora da UM cria brinquedos para crianças cegas

Uma investigadora da Universidade do Minho criou uma linha de brinquedos para crianças cegas e pondera pôr os produtos no mercado, face à “escassez” de respostas para aquele público específico. “Ficámos com uma forte vontade de concretizar este projeto e torná-lo mais real, à disposição de todos”, refere Leonor Pereira, mestre em Engenharia Têxtil pela UM, que desenvolveu a dissertação “Design Inclusivo: Tocar para Ver – Brinquedos para Crianças Cegas e de Baixa Visão”. As peças foram construídas com base nas texturas, nos relevos e nas cores, recorrendo, por isso, a diferentes malhas e bordados, perceptíveis através do tacto.

Source: Diário do Minho